Marca Instituto Virgolim

Para Altas Habilidades e Superdotação

Quem Somos

Pena Azul

O Instituto Virgolim é uma empresa que presta serviços na área de Altas Habilidades e Superdotação. Sua Presidente é a pesquisadora Angela Virgolim, atualmente professora adjunta do Departamento de Processos Psicológicos Básicos (PPB) do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília e presidente do Conselho Brasileiro para Superdotação – ConBraSD. O principal produto do Instituto Virgolim é o seu programa PIPoCAS – Programa de Incentivo ao Potencial Criador do Aluno Superdotado, projetado para fornecer estratégias para o estímulo e desenvolvimento do potencial criador de alunos com altas habilidades e talentos na escola, por meio de uma cuidadosa e planejada capacitação de professores, psicólogos e outros profissionais envolvidos na tarefa de educar e estimular talentos no ambiente escolar, também com vistas à orientação de pais. O Instituto Virgolim faz avaliação de crianças com indícios de superdotação e orienta escolas para a melhor adequação do currículo para este aluno no ambiente escolar. Além disso, o Instituto busca dar maior visibilidade à área das altas habilidades/ superdotação, promovendo ações em nível nacional e internacional, chamado a atenção da sociedade para as necessidades especiais e habilidades diferenciadas desta população.

mozaico
quote

A superdotação pode se revelar em qualquer área do conhecimento humano e se apresentar em pessoas com graus variados de motivação e criatividade

quote

Angela Virgolim


Angela Virgolim
  • Idealizadora e CEO do Instituto Virgolim.
  • Presidente do Conselho Brasileiro para Superdotação.
  • Psicóloga pela Universidade de Brasília.
  • PhD em Psicologia Educacional pela University of Connecticut (Uconn) nos EUA, com especialização em Psicologia da Superdotação pelo National Research Center on Gifted and Talented (hoje Renzulli Center for Creativity, Gifted Education, and Talent Development).
  • Professora adjunta do Departamento de Processos Psicológicos Básicos (PPB) do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília.
  • Sócia fundadora e primeira presidente do Conselho Brasileiro para Superdotação - ConBraSD e Editora-Chefe da Revista Brasileira de Altas Habilidades/Superdotação, eleita presidente para o biênio 2019-2020.
  • Pós-doutorado na área de testes psicológicos no Laboratório de Avaliação e Medidas Psicológicas da PUC-Campinas.
  • Sua produção bibliográfica versa principalmente sobre os temas relacionados à inteligência, motivação, criatividade e superdotação. Recebeu o Prêmio Jabuti 2015 na categoria Educação e Pedagogia pela obra organizada “Altas Habilidades/Superdotação, inteligência e criatividade”, Ed. Papirus.

Nossa Definição de Superdotação


Renzulli

Renzulli (1988) considera que a superdotação e o talento têm componentes tanto genéticos (gifted) quanto ambientais (talented), usando a expressão superdotado e talentoso (gifted and talented). Da mesma forma, e para ser coerente com esta postura teórica, Virgolim utiliza a expressão altas habilidades e superdotação com o mesmo sentido, ou seja, representando dois aspectos do mesmo fenômeno. Enquanto o termo “superdotação” faz referência aos aspectos inatos e genéticos da inteligência e da personalidade, o termo “altas habilidades” enfatiza os aspectos que são moldados, modificados e enriquecidos pelo papel do ambiente (família, escola, cultura).

  • O superdotado é aquele que aprende com rapidez e facilidade em pelo menos uma área do conhecimento.
  • Angela Virgolim
  • Na legislação brasileira: “demonstram potencial elevado em qualquer uma das seguintes áreas, isoladas ou combinadas: intelectual, acadêmica, liderança, psicomotricidade e artes. Também apresentam elevada criatividade, grande envolvimento na aprendizagem e realização de tarefas em áreas de seu interesse.” (BRASIL. Decreto n. 6.571, de 17 de dezembro de 2008. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 18 de set. de 2008. p. 15).
  • Para Renzulli & Reis: “comportamentos de superdotação são aqueles que refletem uma interação entre três conjuntos básicos de traços humanos – habilidade acima da média, altos níveis de comprometimento com a tarefa e altos níveis de criatividade. Indivíduos capazes de desenvolver comportamentos de superdotação são aqueles que possuem ou são capazes de desenvolver este conjunto de traços e aplicá-los a qualquer área potencialmente valiosa do desempenho humano. Pessoas que manifestam ou são capazes de desenvolver uma interação entre os três conjuntos requerem uma grande variedade de oportunidades e serviços educacionais que normalmente não são proporcionados pelos programas escolares regulares” (Renzulli & Reis, 1997, p. 8, tradução livre).

Nossos Cursos

  • PIPoCAS

    Programa de Incentivo ao Potencial Criador do Aluno Superdotado

    Capacitação: Cursos Presenciais e on-line Trabalho junto às escolas Trabalho junto às clínicas psicológicas

  • PAPaiS

    Programa de Apoio aos Pais de Superdotados

    Avaliação psicológica (laudo) das habilidades cognitivas das crianças/jovens Orientação aos pais Orientação para a escola quanto ao PEI - Plano de Ensino Individualizado Capacitação dos pais

  • PIPAS

    Programa de Incentivo ao Potencial do Adulto Superdotado

    Avaliação psicológica Coaching Orientação vocacional Capacitação: Cursos Presenciais e on-line